O que é a tontura causada por cristais?

Sinusite crônica: Quando operar?
8 de maio de 2019
Pais devem ter atenção com objetos que crianças colocam no ouvido
5 de junho de 2019

A Vertigem Posicional Paroxística Benigna ou VPPB é uma das causas mais comuns de tontura. É uma tontura giratória rápida, costuma não durar mais que 1 minuto, não altera a audição, e é desencadeada com o movimento da cabeça.

 

O labirinto é formado por 3 canais que parecem um semicírculo, eles que vão detectar se a nossa cabeça está girando ou não, e estes canais acabam se juntando a um espaço maior, chamado de utrículo, que detecta se a cabeça está indo para frente ou para trás, para os lados ou se está subindo ou descendo. Neste local temos uma estrutura que possui uma camada de cristais de carbonato de cálcio (otocônio ou estatocônio). Acontece que estes cristais podem soltar e cair dentro de um dos canais. Assim, quando a gente vai mexer a cabeça, por exemplo, olhar para cima, amarrar o sapato, fazer a barba, olhar o despertador quando está deitado, acaba desencadeando uma tontura forte e rápida.

 

O diagnóstico é feito pela história clínica e o tratamento é feito com uma manobra da cabeça e não com medicamentos. Mas é importante fazer um exame que se chama Video-Frenzel para saber se o problema é do ouvido direito ou esquerdo, e qual dos três canais que está envolvido, pois para cada canal envolvido é necessária uma manobra de tratamento diferente. Importante também passar por um otorrinolaringologista, pois a VPPB pode não ser a única causa da tontura e deve-se investigar o que levou a desprender estes cristais.

 

Fonte: Revista Saúde